Memories

"Às vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

Published by 「ϻȝƚɋɣαɦȡ 」 under on 10:59:00

“O sonhar transporta-nos para dimensões para além da simples realidade em que vivemos... É este mesmo sonhar que me faz estar contigo, todo o tempo que quero, que posso, a eternidade...”


Enquanto estou imerso no universo dos sonhos, sinto, quase que fisicamente, calma e alegria de uma profundidade tal percorrerem cada átomo mínimo de meu corpo. Para onde quer que eu vá, lá ela está... Bela, com os olhos brandos, face angelical e suave - a mais bela de todas as ninfas! Dela me aproximo com vagarosos passos síncronos, minha mente e coração a palpitarem febrilmente por sua presença. São poucas as vezes que a vi, menos ainda as que pude ouvir sua voz, mas sinto que eu a amo... E este amor desespera-me ao tempo mesmo em que engrandece-me. Sinto como se pudesse transpor as galáxias todas em um único piscar de olhos. E, nos meus sonhos, tudo é muito belo e quimericamente real, muito apaixonante...

Mas... Quando desperto - abrem-se os meus olhos para a claridade do “mundo real” -, eu sinto tamanha tristeza, uma dor sem fim. O que posso fazer é, sempre, sempre, aguardar o momento de sonhar...


É preciso dizer que, muitas vezes, o sonhar rouba-me momentos quando estou desperto... O mesmo sonhO...

2 ϻĭņđʼƨ:

itau disse... @ 10 de junho de 2008 às 10:28

cuidado will com o que você sonha acordado eim...vai dormir no escritorio e não conseguir levantar da mesa de novo O.O"

Lina :) disse... @ 10 de junho de 2008 às 11:03

Depois de muito tentar fazer login, eu consegui! \o/
Lindo tetxo, Uíu.
Beijo :*

Enviar um comentário